Rainha Mãe depende de consulta prévia

“Mãe, dádiva da vida, que carrega no coração um amor sem limites”. A ACIFAS, em nome do comércio de Fátima do Sul, abriu com essa frase a homenagem às mães neste 2021,  destinada a comandar uma promoção tradicional, com distribuição de prêmios marcada para sorteio na véspera do evento.Mas aí, vários pontos começaram a provocar borbulhos, a começar do valor estabelecido para o kit a ser fornecido. A alegação de alguns foi a de que em uma hora ainda complicada pela pandemia, o valor teria que ser bem inferior.

 

É importante informar que a ACIFAS, quando estabelece o preço de uma promoção, prepara antecipadamente o orçamento, que prevê o volume de despesas a serem contraídas e o número de kits a ser negociado. Mas nem sempre acontecem as adesões necessárias. É o risco que a entidade corre, como em prejuízos indesejados no Natal de 2019 e no Dia Internacional da Mulher, em 2020.

 

Para o Dia das Mães deste ano, foi orçado um grupo de prêmios no valor geral da ordem de 12 mil reais; um alto custo gráfico – para impressão de cartazes e de 100 mil cupons personalizados; divulgação do evento em Rádio, som volante de rua e Redes Sociais; criação e confecção de layout e arte-finalização, mais um percentual de risco da ordem de 10% sobre o volume de investimento, até mesmo para fazer frente a alguma despesa extra que surja relacionada à campanha.

 

Cálculos feitos após uma primeira visita aos comerciantes e em face das suas manifestações pouco otimistas em relação à campanha, decidimos interrompe-lae realizar uma consulta prévia no decorrer desta primeira semana de março,para medir o número de adesões. Nossa preocupação é evitar desgaste com os associados e não ter que arcar no final, novamente, com um balanço negativo, em promoções que são produzidas objetivando exclusivamente o benefício do comércio.

 

Refizemos o orçamento e reduzimos ao mínimo uma série de despesas. Isso possibilitou a queda do custo do kit de 650 para 500 reais, parcelados. Precisamos de, no mínimo, 40 adesões para cobertura das despesas programadas. A premiação foi mantida e a realização da campanha depende exclusivamente da adesão dos empresários que, esperamos, seja satisfatória. Vestimos a camisa do associado. Ele é o dono da entidade. A nós, cabe apenas administrá-la. Com amor e responsabilidade.

 

ROGERIO RUFINO

Presidente