Fé e muita esperança

Chegamos na metade do ano. Com muita esperança de que, neste segundo semestre, tenhamos a recuperação da vida normal, vencendo finalmente essa pandemia malvada que deixou tanta gente triste com o passamento de parentes e amigos.

Dia 09 de julho assinala o aniversário de Fátima do Sul, feriado municipal, mas que neste 2021 será comemorado em casa, junto aos familiares, já que não há ainda qualquer possibilidade de promover aglomerações, com festas e tudo mais, e mesmo porque talvez seja o momento do silencio, em homenagem póstuma mais que merecida às mais de 70 vidas que se foram por aqui.

As forças vivas da cidade se movimentam nesta hora, buscando impor uma dose maior de otimismo nos negócios, mas o comércio, talvez pela falta de uma demanda mais satisfatória, continua em ritmo de espera, com clientes que só entram na loja quando na hora da necessidade maior, sem desgaste financeiro, tal o receio de que possam advir ainda males como o que está sendo heroicamente superado.

A nossa ACIFAS julga que o momento ainda não é de euforia, mas começa a preparar  o retorno de alguns eventos, entre eles o LIQUIDA FÁTIMA em setembro e a campanha de NATAL, ambos considerados especiais para o consumidor, e a volta consequente de um movimento de compras mais acentuado.

É preciso continuar a ter fé e esperança no retorno de uma vida normal. Centímetro a centímetro estamos hoje pisando em terreno firme, certos de que não mais seremos engolidos pelo mal que tanto estrago marcou com sua passagem. Mas ainda temos que adotar cuidados. São necessários. É definitivo que alcançamos uma grande vitória, reduzindo consideravelmente o contágio e zerando internações e óbitos. Com o auxilio do pessoal da Saúde, da conscientização da população, das orações e da boa vontade do Criador. Mas atenção! Não é hora de “entregar o ouro pro bandido”.

ROGERIO RUFINO

Presidente