Quem para, regride!

Empresas sem website perdem mercado e podem ficar “invisíveis”. Na era digital, as vitrines das lojas extrapolam os limites e os websites se tornaram indispensáveis para divulgar, fixar marcas, estabelecer relacionamento com o público-alvo e, principalmente, “VENDER”.

Com o crescimento do acesso à internet, quem não se estabeleceu em ambiente virtual até hoje tem evidente desvantagem com a concorrência. Isso está comprovado por pesquisas, indicando que o percentual de brasileiros conectados à internet aumentou de forma galopante nos últimos anos.

Em Fátima do Sul, a incidência é baixa. Não há uma pesquisa local que defina o percentual de quem está ou não atualizado com o desenvolvimento tecnológico. Porém, por observações pontuais, acredita-se que apenas cerca de 30% das empresas daqui estejam conectadas. E mesmo as que estão, deixam de acessar sites de interesse, caso do nosso próprio acifas.com.br, que atualiza os acontecimentos mais importantes.

Por outro lado, as lojas de Fátima não fazem a mínima questão de decorar suas vitrines e a avenida 9 de Julho, onde estão os points mais freqüentados, fica à mercê apenas da iluminação pública, sem exibir um luminoso sequer. É preciso avançar. É preciso assumir a consciência de que quem para, regride.

 

RÁPIDAS

 

  • Por falar em site, a Acifas vai fazer uma surpresa a seus associados e ao público regional, tão logo a pandemia do Coronavirus indique uma queda acentuada.
  • Já estão praticamente montados um novo designer e uma nova forma jornalística para compor o acifas.com.br, modelo que vai revolucionar enorme área compreendendo as cidades que fazem parte do eixo da Grande Dourados.
  • Com essa nova onda da Corona, fica impossível tentar implantar alterações profundas em serviços que já servem a população, especialmente associados em sistema cooperativo das Associações Comerciais.
  • Mas a grande maioria populacional da região indicada certamente terá ampliação de grande monta nesse tipo de serviço, tão logo a pandemia dê uma trégua que possa se considerar expressiva.
  • Infelizmente, em função ainda dessa nova onda do Coronavirus, a promoção tradicional do Dia das Mães, promovida pela Acifas, não acontecerá este ano.
  • Pode-se adiantar, entretanto, que apesar da grande preocupação causada pelo mal, há lojas que estão planejando realizar promoção individual, para não deixar passar de todo em branco tão importante acontecimento.
  • Com zero chuva, temperatura entre 23 e 34 graus e umidade entre 30% e 61% para os próximos 15 dias em Fátima do Sul, o Climatempo avisa nas entrelinhas que começou de vez o tempo seco motivado pelo outono, o que é absolutamente normal em nossa região nessa época.
  • Depois de um verão com temperaturas eventuais acima dos 40 graus, chegou a hora de, pelo menos, termos noites frescas, permitindo um descanso sem ar condicionado e com certeza mais saudável.

Calma! Semana que vem a gente volta.