Vai passar, tenham fé

Entidade sem fins lucrativos, temos no dia a dia a comprovação de que a ACIFAS  continua com alta credibilidade em Fátima do Sul e no estado, graças ao atendimento de nível elevado que proporciona de forma permanente às empresas filiadas e ao público de forma geral.  Hoje e sempre, ela precisa dar continuidade à sua luta em benefício do segmento comércio e da comunidade, com a mesma presteza e correção, sem objetivos subalternos que possam desviá-la da sua caminhada.

É fora de dúvida que tem enfrentado uma serie de dificuldades, especialmente do ano passado a esta parte, com a eclosão da pandemia do Coronavirus,Agora mesmo, tínha em mente promover o retorno da OLIMCIFAS neste mês de abril, com apoteose em primeiro de maio, confraternizando empresários e seus colaboradores, evento realizado por sete anos seguidos e que foi suspenso durante um período em função de crises não desejadas.

Infelizmente, porém, não há o mínimo espaço para promoções de qualquer ordem, especialmente aquelas em que a aglomeração é que faz o espetáculo. Outro exemplo é o cancelamento da comemoração do Dia das Mães, com homenagens a elas e distribuição de bons prêmios ao consumidor, iniciativa tradicional da ACIFAS inteiramente prejudicada. O que sobra de positivo é saber que o mal não vai perdurar para sempre. Temos que eleger a fé como principal companheira. Essa tragédia deixa um rastro triste, mas vai passar, acreditem.

Palavra do Presidente

Ajudar Deus a nos ajudar

Ajudar Deus a nos ajudar

Deparei em um destes últimos dias – no Face, se não me engano – com duas frases muito interessantes e criativas: “Tem palavras que chegam como um abraço. E tem abraços que não precisam de palavras”...

Simplesmente

Quem para, regride!

Quem para, regride!

Empresas sem website perdem mercado e podem ficar “invisíveis”. Na era digital, as vitrines das lojas extrapolam os limites e os websites se tornaram indispensáveis para divulgar, fixar marcas, estabelecer relacionamento com o público-alvo e, principalmente, “VENDER”.

Economia

Esportes

E o Palmeiras voltou de Brasília para São Paulo sem título. Depois de perder a Super Copa para o Flamengo nos pênaltis, reprisou a situação diante do Defensa y Justicia, time argentino que levou o titulo da Recopa Sulamericana. Detalhes no Globo Esporte (Mundo Aqui).

Tempo

Mundo Aqui

Click e Confira

Galeria de fotos

1
Associados
1
Anos de existência
Encontre-nos

Visite a ACIFAS